Se costumas estar atento a notícias que vão aparecendo sobre descobertas extraordinárias relacionadas com os animais, e se gostas de saber mais sobre esses temas, principalmente quando se trata de espécies raras, é caso para continuares a ler.

Chelonoidis phantasticus

Chelonoidis phantasticus

Recentemente foi encontrado um exemplar pertencente à espécie: Chelonoidis phantasticus, talvez este nome não te diga nada, mas e se te disser que este fantástico réptil pensava-se estar extinto, há, nada mais, nada menos, que mais de… 110 anos! Espera, então quer dizer que afinal, este animal não está de facto, extinto? Mas isso são notícias esplêndidas! Na ilha Fernandina, nas Galápagos, segundo relatos, já não era avistado um exemplar desta espécie desde 1906. Numa expedição recente às ilhas, uma equipa encontrou uma fêmea desta espécie, e um marco na biologia foi realizado.

Chelonoidis phantasticus

Chelonoidis phantasticus

O mais notável ainda é que se pensa que este animal tem à volta de… 100 anos de idade! Pois é, as tartarugas têm uma longevidade bastante elevada, e algumas podem viver mais de cem anos. Talvez haja de novo uma esperança para a espécie. Aqui cria-se uma questão: será a única? Segundo notícias, membros da equipa também observaram rastos de trilhos próximos do local, o que poderá deixar a suposição que existem mais indivíduos desta espécie na ilha. O que são notícias ainda melhores, pois as probabilidades de reprodução são maiores, e isso é extremamente empolgante e esperançoso para o destino da espécie. Podia-se supor que a maior ameaça a estes répteis em particular seria por exemplo a caça, como acontece em muitas tartarugas. Só que, na verdade pensa-se que a maior ameaça à espécie é o local onde habita, devido aos fluxos de lava vulcânica que muitas vezes cobrem a ilha. No entanto, estas novas notícias mostram que há esperança. E são estas notícias que nos fazem acreditar, e querer com mais vontade e certeza proteger os animais, que nos mostram muitas vezes a sua resiliência e luta constante pela sobrevivência. São de facto, extraordinários.

 

Pin It on Pinterest